Entenda: Governo tem o maior rombo fiscal da história

Nesta terça-feira (27) o governo revisou os gastos e ganhos desse último ano e se deparou com um déficit primário de R$ 51,8 bilhões de reais.

Primeiramente vale explicar o que eles reveem nos gastos e ganhos:
Todo ano o governo realiza essa ação, e este ano essa foi a segunda vez, eles contabilizam quanto de dinheiro que o governo arrecadou e quando de dinheiro que o governo gastou ao todo no ano.

O que é déficit primário?
Explicamos o que é déficit em uma matéria publicada sobre o Balanço de pagamentos, porém o déficit nessa situação não tem a ver com o balanço de pagamentos em si, e consiste no fato de ter gasto mais dinheiro do que recebido, ou seja, o governo gastou mais do que recebeu, e déficit primário é quando esse gasto que foi contado não inclui os juros que o governo pagou em suas dívidas. Toda vez que atrasamos uma conta nós pagamos um juros, e com o governo não é diferente, e quando se trata de déficit primário queremos dizer que não está levando em conta os juros que ele pagou sobre as contas atrasadas, ou seja, o déficit primário é menor que o déficit em si.

O que significa esse déficit?
O valor de R$ 51,8 bilhões de reais é o quanto a mais o governo gastou do que ganhou, e lembrando que é sem contar com os juros que o governo teve de pagar das contas atrasadas, e este é o maior déficit na conta do governo (também chamado de rombo fiscal) da história. Nessa conta também não entraram as “pedaladas fiscais” (explicamos nesta matéria o que são) pois as deste ano ainda não foram contabilizadas.

Anúncios

2 comentários sobre “Entenda: Governo tem o maior rombo fiscal da história

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s